Avelino Rocha

 Sem título
Serigrafia sobre papel 72/150
Dimensão da mancha: 37,5 x 35,5 cm
Dimensão total: 49 x 64,5 cm
1993

Nota: O Clube Rastro tem uma oferta muito especial para si! Na compra desta obra receba imediatamente duas serigrafias:  “A gente não lê” do artista Alfredo Luz e a  “Persona” do artista Martinho Dias. No Clube Rastro há um mundo de ofertas e vantagens: oferta do transporte das obras, os clientes pagam as peças como puderem e, agora, recebem de oferta duas obras gráficas que valem 400 euros!
Confie, compre no Rastro; há 35 anos a transformar os seus sonhos em arte!

 

100,00

Em stock

Qualquer interessado pode adquirir de imediato esta obra; basta clicar em Adicionar e seguir os passos indicados.
Para pagar a obra em prestações, basta contatar-nos através do e-mail info@clube.galeriaorastro.com.
A obra será entregue em sua casa de forma inteiramente grátis. Para qualquer outra informação, por favor contate-nos por email ou através dos números de telefone: (+351) 233 411 188 ou (+351) 934 239 608.

REF: CR#1673 Categorias: , Etiqueta:

Descrição

Natural do Porto, Avelino Rocha nasceu em 1940.
É licenciado pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto, tendo realizado o curso de Ciências Pedagógicas da FLUP entre 1970 e 1971.
Professor aposentado do Ensino Secundário e professor no Ensino Superior Privado, foi  assim bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian (1957-1962).

Atualmente tem trabalhos de pintura, escultura, gravura, cartaz, ilustração, vitral, tapeçaria, cerâmica e poesia visual.

Avelino Rocha colaborou então com o Escultor Barata Feyo, no seu ateliê em 1958-1959, e estagiou, sob orientação do Professor – Pintor Júlio Resende e Mestre Lagarto, no ateliê deste último em Viana do Alentejo, em 1962; colaborou com Mestre Júlio Resende na execução do mosaico do Posto Fronteiriço de Valença em 1961/62.

Participou em diversas exposições coletivas em Portugal e no estrangeiro.

Está representado:
No Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, Amarante; Museu Dr. Santos Rocha, Figueira da Foz; Casa-Museu Teixeira Lopes, Vila Nova de Gaia; Museu Nacional de Soares do Reis, Porto; – 5 Séculos de Desenho – Coleção da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Fundação Manuel Leão, Vila Nova de Gaia.

Prémios:
 Prémio de Desenho na Exposição de Artes Plásticas da Queima das Fitas – Coimbra, 1961;

 Prémio de Desenho (do jornal “A Capital”) no 1º Salão de Jovens – Figueira da Foz, 1968;

 Prémio na categoria “O mundo do Sagrado” na T.I.B.I. – 4th THERAN INTERNATIONAL BIENNALE OF ILLUSTRATION – 1999.