Promoção!

Carlos Ramos

Pórtico com figura
Óleo sobre platex
Dimensão: 36,5 x 28,5 cm
Dimensão com moldura: 64 x 57 cm

Nota: até ao final do ano, o Clube Rastro tem uma prenda muito especial para todos os compradores de obras originais apresentadas no site do clube: na compra deste original, recebe de imediato a oferta da serigrafia de Alfredo Luz, “Fernando Pessoa”! Veja a obra aqui.

750,00

Em stock

Qualquer interessado pode adquirir de imediato esta obra; basta clicar em Adicionar e seguir os passos indicados para que esta obra passe a pertencer à sua coleção.

A obra será entregue em sua casa de forma inteiramente grátis, com o seguro do transporte das obras a ser oferecido pelo Clube Rastro. Todas as obras de arte disponíveis no site do Clube Rastro têm cotação e estão devidamente certificadas.

Pode optar por subscrever o Clube Rastro, um clube de colecionismo de arte onde se acede à obra dos melhores artistas nacionais através de um pequeno investimento mensal de verba para o clube. Veja em Subscrição como aderir ao Clube Rastro.

Os subscritores do Clube Rastro não pagam qualquer joia de inscrição e terão direito a diversos prémios. Para qualquer outra informação sobre esta obra, por favor contate-nos através do info@clube.galeriaorastro.com

REF: CR#0117 Categorias: , , Etiqueta:

Descrição

Carlos Ramos nasceu em Coimbra em 1912,e nesta cidade residiu e desenvolveu toda a sua atividade.

De ascendência modesta, iniciou-se muito novo na profissão de pintor de construção civil e é nesta condição que se acentua o seu gosto pelo desenho e pintura artística e começa a produzir os seus primeiros trabalhos.

Matriculou-se na Escola Industrial e Comercial Avelar Brotero e, estudando à noite, concluiu o curso geral de desenho, tendo sido discípulo de Manuel Rodrigues Júnior.

Carlos Ramos é várias vezes contemplado com Menções Honrosas por diversas instituições. Caso da Sociedade Nacional de Belas-Artes de Lisboa (1940-1943).

Obtém outras distinções, em especial, a terceira medalha da mesma Sociedade, em 1947.

Em 1948 é galardoado com o ‘Prémio Malhoa’ e a bolsa de estudo correspondente permite-lhe uma viagem ao estrangeiro no ano seguinte.

Participou em numerosas exposições na Sociedade Nacional de Belas-Artes, no Salão Silva Porto (1943-1952).
Exposição Internacional de Sevilha (1952) e no Salão António Carneiro (1953).

Em 1989 foi evocado numa grande exposição de obras suas, organizada pela Câmara Municipal da Lousã, na Sala de Exposições do Museu Municipal Professor Álvaro Viana de Lemos.

O artista faleceu em Coimbra, em 1983.