Promoção!

Damien Hirst

H10-1 Wu Zetian
Multiple
laminated giclée print on aluminium composite
screen printed with glitter
100 x 100 cm

7.500,00

Em stock

Qualquer interessado pode adquirir de imediato esta obra; basta clicar em Adicionar e seguir os passos indicados para que esta obra passe a pertencer à sua coleção.

A obra será entregue em sua casa de forma inteiramente grátis, com o seguro do transporte das obras a ser oferecido pelo Clube Rastro. Todas as obras de arte disponíveis no site do Clube Rastro têm cotação e estão devidamente certificadas.

Pode optar por subscrever o Clube Rastro, um clube de colecionismo de arte onde se acede à obra dos melhores artistas nacionais através de um pequeno investimento mensal de verba para o clube. Veja em Subscrição como aderir ao Clube Rastro.

Os subscritores do Clube Rastro não pagam qualquer joia de inscrição e terão direito a diversos prémios. Para qualquer outra informação sobre esta obra, por favor contate-nos através do info@clube.galeriaorastro.com

REF: CR3106 Categorias: , Etiqueta:

Descrição

Damien Hirst nasceu em Bristol em 1965. Estudou no Goldsmiths College, famosa escola de artes londrina. Logo depois, em 1991, realiza a sua primeira exposição individual, em Londres, denominada “A Sign of Live”.

No mesmo ano, Damien Hirst executa um dos seus trabalhos mais conhecidos, a escultura “The Physical Impossibility of Death in the Mind of Someone Living”. Esta obra, que apresenta um cadáver de tubarão, colocado dentro de um aquário preenchido por formol, assume um carácter monumental tanto pelas suas dimensões como pelo tema abordado.

O efeito dramático do conjunto é acentuado pelo facto de o tubarão, um animal selvagem que geralmente simboliza a agressividade e o medo, permanecer imóvel, suspenso e encerrado no interior de um espaço translúcido (com uma ligeira tonalidade de verde).

Por outro lado, o artista realiza inúmeros trabalhos com animais, que ora surgem mortos e dissecados e inseridos em contentores com formol, ora aparecem vivos e encerrados em gaiolas ou aquários.

Tendo como fundamento a reflexão em torno de alguns temas de carácter existencial, ligados à condição humana (como o nascimento, a vida, a morte e o amor), todos os trabalhos que Damien Hirst desenvolve no primeiro período da sua carreira, assumem um objetivo comum: provocar reações violentas ao nível do espectador.

Por fim, pela radicalidade e impacto de muitos dos seus trabalhos, Damien Hirst tornou-se um dos mais interessantes e conhecidos artistas ingleses, tendo sido também considerado o artista vivo mais rico do Reino Unido.