José Narciso

 Escultura do outro lado da lua
Acrílico sobre tela
Dimensão: 50 x 61 cm
2002

Nota: O Clube Rastro tem uma oferta muito especial para si! Na compra desta obra receba imediatamente a serigrafia “Casa de D.ª Modista de Ser Cor de Rosa” do Mestre Roberto Chichorro. No Clube Rastro há um mundo de ofertas e vantagens: oferta do transporte das obras, os clientes pagam as peças como puderem e, agora, recebem de oferta uma obra gráfica que vale 500 euros!
Confie, compre no Rastro; há 35 anos a transformar os seus sonhos em arte!

 

 

600,00

Em stock

Qualquer interessado pode adquirir de imediato esta obra; basta clicar em Adicionar e seguir os passos indicados para que esta obra passe a pertencer à sua coleção.

A obra será entregue em sua casa de forma inteiramente grátis, com o seguro do transporte das obras a ser oferecido pelo Clube Rastro. Todas as obras de arte disponíveis no site do Clube Rastro têm cotação e estão devidamente certificadas.

Pode optar por subscrever o Clube Rastro, um clube de colecionismo de arte onde se acede à obra dos melhores artistas nacionais através de um pequeno investimento mensal de verba para o clube. Veja em Subscrição como aderir ao Clube Rastro.

Os subscritores do Clube Rastro não pagam qualquer joia de inscrição e terão direito a diversos prémios. Para qualquer outra informação sobre esta obra, por favor contate-nos através do info@clube.galeriaorastro.com

REF: CR#1477 Categorias: , Etiqueta:

Descrição

José Narciso nasceu na Trafaria, em 1957.
Curso de Estética na Arte Contemporânea – Sociedade Nacional de Belas Artes.
Estudou História de Arte do Século XX – Sociedade Nacional de Belas Artes de Lisboa.

Foi subsidiado assim pela Fundação Calouste Gulbenkian, em 1987.
Mas José Narciso foi Sócio fundador da Galeria Escada, Lisboa, 1986-87.
Integrou assim a Associação Imargem, 1990-94.
Co autor do Projeto Cultural +5
Coordenador – Curador da Galeria Municipal Gymnasio, 1997-2004.
Mas também recebe o 1° Prémio da Exposição Evocativa do 1° de Maio, Lisboa, 1986.
Prémio Aquisição – Américo Marinho – C.M. Barreiro, 1998.
Expõe assim regularmente na qualidade de artista plástico desde 1981.
Assim tem  participação em mais de uma centena de exposições coletivas.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS:
1987 – Galeria Paulino Ferreira, Lisboa.
1990- Galeria Joao Hogan -Voz do Operário – apoio da Fundação
Gulbenkian.
1993 – Galeria Municipal Gymnásio, Lisboa – “Descoberta aos Olhos
da Alma”.
1994 – Galeria Óptica, Conde Redondo, Lisboa – “Olharmo-nos”.
1997 – Galeria de Exposições d’Amora, Biblioteca Municipal do Seixal
– Polo da Amora, Seixal – “Hão-de Achar História”.
1998 – Galeria Municipal do Barreiro – “Segredo de Sentimentos”;
– Biblioteca Municipal de Aljustrel – “Paredes Meias”;
1999 – Galeria Municipal de Fitares, Sintra – “Segredo de Sentimentos”
Delegação Regional de Lisboa do Instituto Português da Juventude.

Está representado assim em diversas coleções particulares em Portugal e no estrangeiro:
Câmaras Municipais de Almada, Barreiro, Lisboa, Sobral de
Monte-Agraço, Vendas Novas e Sintra; Casa da Cerca, Almada;
Associação Voz do Operário, Lisboa; Associação 25 de Abril, Lisboa;
Misericórdia – Quinta das Flores, Lisboa; Museu Municipal do Sabugal.