Júlio Pomar

Sem título
Desenho a tinta da china sobre papel
Dimensão: 27 x 20,5 cm
Dimensão com moldura: 56 x 49 cm

Nota: Este estudo do Mestre Júlio Pomar foi realizado entre os anos de 1955 e 1958, quando o artista realizou um conjunto de desenhos a partir do romance “Guerra e Paz”, de Leon Tolstoi. Os desenhos finais foram publicados em 1958 numa versão ilustrada do “Guerra e Paz” editada pela Editorial Sul Limitada. Em 2005, a editorial Artemágica e João Lobo Antunes, selecionaram 71 destes estudos e publicaram uma nova versão do “Guerra e Paz”.

Este desenho não está reproduzido em nenhum destes livros, mas tem a melhor proveniência e certificado de autenticidade. Trata-se de uma obra rara, que nunca foi comercializada no mercado de arte nacional.

Nota: O Clube Rastro tem uma oferta muito especial para si! Na compra deste original receba imediatamente uma serigrafia “Fernando Pessoa do artista júlio Pomar! No Clube Rastro há um mundo de ofertas e vantagens: oferta do transporte das peças, os clientes pagam as obras como puderem – basta contatar-nos – e, agora, recebem uma obra gráfica que vale 900 euros!

Confie, compre no Rastro; há 35 anos a transformar os seus sonhos em arte!

 

 

4.000,00

Em stock

Qualquer interessado pode adquirir de imediato esta obra; basta clicar em Adicionar e seguir os passos indicados para que esta obra passe a pertencer à sua coleção.

A obra será entregue em sua casa de forma inteiramente grátis, com o seguro do transporte das obras a ser oferecido pelo Clube Rastro. Todas as obras de arte disponíveis no site do Clube Rastro têm cotação e estão devidamente certificadas.

Pode optar por subscrever o Clube Rastro, um clube de colecionismo de arte onde se acede à obra dos melhores artistas nacionais através de um pequeno investimento mensal de verba para o clube. Veja em Subscrição como aderir ao Clube Rastro.

Os subscritores do Clube Rastro não pagam qualquer joia de inscrição e terão direito a diversos prémios. Para qualquer outra informação sobre esta obra, por favor contate-nos através do info@clube.galeriaorastro.com

REF: CR#1691 Categorias: , , Etiqueta:

Descrição

Júlio Pomar nasceu em Lisboa em 1926. Pertence à 3ª geração de pintores modernistas portugueses.

Júlio Pomar é um gigante da história da arte portuguesa e um dos grandes da arte universal.

Assim com uma carreira a todos os títulos brilhante e celebrada aquém e além fronteiras.

Aluno da Escola António Arroio e da Faculdade de Belas-Artes, aos 16 anos já expunha num atelier na Praça das Flores, onde chamou a atenção de Almada Negreiros que lhe comprou o primeiro quadro.

Mas os primeiros anos da sua carreira estão ligados à resistência contra o regime do Estado Novo e à afirmação do movimento neorrealista em Portugal, marcando a especificidade deste no contexto europeu.

Assim começou assim, uma carreira artística a todos os níveis notável, multipremiada e representada em muitas coleções públicas e privadas, em monumentos, painéis e outras obras de arte pública de relevo.

Artista múltiplo e insubmisso, era igualmente cidadão participativo na sua “polis” e a sua militância política em prol da democracia e da liberdade nos tempos da ditadura salazarista.   Partilhou a mesma cela com Mário Soares, mais tarde Presidente da República.

Foi Júlio Pomar, já pintor consagradíssimo, que viria a pintar o retrato oficial do estadista, que se encontra na galeria oficial do Palácio de Belém.

O Museu do Chiado, o Centro de Arte Moderna, a Fundação Calouste Gulbenkian.

Museu de Arte Contemporânea de Serralves.

Fonds National d’Art Contemporain, Paris.

Museu de Belas Artes de Bruxelas.

Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand.

Caixa Geral de Depósitos e a Coleção Manuel de Brito, são alguns dos acervos que contêm obras de Pomar.

Júlio Pomar faleceu, em Lisboa, em 2018.

Outras obras deste artista