Promoção!

Manuel Caeiro

Trompe L’oeil
Acrílico sobre tela
Dimensão: 120 x 120 cm
2010

Nota: até ao final do ano, o Clube Rastro tem uma prenda muito especial para todos os compradores de obras originais apresentadas no site do clube: na compra deste original, recebe de imediato a oferta da serigrafia de Alfredo Luz, “Fernando Pessoa”! Veja a obra aqui.

3.000,00

Em stock

Qualquer interessado pode adquirir de imediato esta obra; basta clicar em Adicionar e seguir os passos indicados para que esta obra passe a pertencer à sua coleção.

A obra será entregue em sua casa de forma inteiramente grátis, com o seguro do transporte das obras a ser oferecido pelo Clube Rastro. Todas as obras de arte disponíveis no site do Clube Rastro têm cotação e estão devidamente certificadas.

Pode optar por subscrever o Clube Rastro, um clube de colecionismo de arte onde se acede à obra dos melhores artistas nacionais através de um pequeno investimento mensal de verba para o clube. Veja em Subscrição como aderir ao Clube Rastro.

Os subscritores do Clube Rastro não pagam qualquer joia de inscrição e terão direito a diversos prémios. Para qualquer outra informação sobre esta obra, por favor contate-nos através do info@clube.galeriaorastro.com

REF: CR2800 Categorias: , Etiqueta:

Descrição

Manuel Caeiro nasceu em Évora, em 1975, e formou-se na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. O seu trabalho tem como base o construtivismo e relaciona desenho, arquitetura e pintura. Perspetiva e tridimensionalidade são marcantes na sua obra. Começa a expor individualmente em 1999, e desde 2001, tem exposto anualmente em países como Portugal, Espanha, Alemanha, Bélgica, Brasil, Holanda, Suíça e Estados Unidos.

Valendo-se da repetição de formas e de contornos geométricos sobrepostos, Manuel Caeiro cria um espaço tridimensional, explorando a fronteira entre figurativo e abstrato e jogando com a ideia de “trompe l’oeil”. A sua obra acaba por dialogar com a arquitetura e a escultura. Entre suas mais importantes exposições, estão as individuais Achieving Shadows, em 2014, na Hunchentoot Galerie, na Alemanha, e no Palácio Vila Flor, em 2010, em Portugal. Entre as exposições coletivas, estão Terceira Metade, em 2011, no Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio, e La Colección, em 2011, na Fundación Barrié, na Espanha.