Promoção!

Pedro Sousa Vieira

Sem título
Carvão sobre papel
Dimensão: 21,5 x 30,5 cm
1992

1.250,00

Em stock

Qualquer interessado pode adquirir de imediato esta obra; basta clicar em Adicionar e seguir os passos indicados para que esta obra passe a pertencer à sua coleção.

A obra será entregue em sua casa de forma inteiramente grátis, com o seguro do transporte das obras a ser oferecido pelo Clube Rastro. Todas as obras de arte disponíveis no site do Clube Rastro têm cotação e estão devidamente certificadas.

Pode optar por subscrever o Clube Rastro, um clube de colecionismo de arte onde se acede à obra dos melhores artistas nacionais através de um pequeno investimento mensal de verba para o clube. Veja em Subscrição como aderir ao Clube Rastro.

Os subscritores do Clube Rastro não pagam qualquer joia de inscrição e terão direito a diversos prémios. Para qualquer outra informação sobre esta obra, por favor contate-nos através do info@clube.galeriaorastro.com

REF: CR#0547 Categorias: , Etiqueta:

Descrição

Pedro Sousa Vieira nasceu no Porto em 1963. Vive e trabalha em Braga. Licenciou-se em Artes Plásticas, Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, em 1989.

Fruto do seu confortável posicionamento entre meios e da sua atenção difusa, a exposição que Pedro Sousa Vieira traz ao Chiado 8 é repleta de uma ambiguidade produtiva. Nela se confirma essa noção de conhecimento como lugar intersticial onde todas as coisas, reais e fictícias, se interpelam e estabelecem equilíbrios precários, concorrendo num plano de entendimento que só produz sentido quando admitimos que nem tudo tem que ser exatamente o que parece.

O artista desenvolve o seu trabalho através de vários meios: desenho, pintura, instalação, fotografia, escultura e vídeo. Realizou várias exposições individuais e participou em inúmeras exposições colectivas. Os seus projectos mais recentes incluem a actual exposição individual ‘A Gaze from the back’ na galeria Belo-Galsterer, em Lisboa, e Preto no Branco, em 2012, no Espaço Chiado 8, com curadoria de Bruno Marchand.

De uma série de inúmeros desenhos, o artista escolheu os 20 trabalhos mais significativos: imagens do corpo feminino, plantas e paisagens que pela intervenção do artista, ocultam e libertam a imagem subjacente. Apresentou também: No dia anterior, em 2013, na Galeria Nuno Centeno e uma exposição no Centro Cultural Vila Flor, na cidade de Guimarães, em 2011, com curadoria de Bruno Marchand.