Promoção!

Maria João Franco

Nelson Dias
Desenho a carvão sobre papel
Dimensão da mancha: 39 x 28 cm
Dimensão com moldura: 65 x 54,5 cm
Ano: 1989

250,00

Esgotado

Qualquer interessado pode adquirir de imediato esta obra; basta clicar em Adicionar e seguir os passos indicados para que esta obra passe a pertencer à sua coleção.

A obra será entregue em sua casa de forma inteiramente grátis, com o seguro do transporte das obras a ser oferecido pelo Clube Rastro. Todas as obras de arte disponíveis no site do Clube Rastro têm cotação e estão devidamente certificadas.

Pode optar por subscrever o Clube Rastro, um clube de colecionismo de arte onde se acede à obra dos melhores artistas nacionais através de um pequeno investimento mensal de verba para o clube. Veja em Subscrição como aderir ao Clube Rastro.

Os subscritores do Clube Rastro não pagam qualquer joia de inscrição e terão direito a diversos prémios. Para qualquer outra informação sobre esta obra, por favor contate-nos através do info@clube.galeriaorastro.com

REF: CR2265 Categorias: , , Etiqueta:

Descrição

Maria João Franco nasceu em Leiria, em 1945. Sendo filha de um dos grandes dramaturgos da sua época, Miguel Franco, desde cedo que contacta com o mundo literário e artístico, mas foi na década de 1960 que o seu potencial criativo desponta no contacto frequente com o Círculo de Artes Plásticas de Coimbra. Frequenta a Escola de Belas Artes de Lisboa onde concluiu o curso de Pintura e curso de Arquitetura da Escola Superior de Belas Artes do Porto, embora a devoção pela pintura tenha prevalecido, a que não é alheio a sua relação próxima nessa altura com o celebrado pintor Nelson Dias, com quem casaria e que foi influência determinante, inclusive nos estilos que marcam a sua obra, o expressionismo abstrato e a figuração.

«Sentindo como fortes expoentes da Pintura Portuguesa, Rocha de Sousa, Gil Teixeira Lopes, Luís Dourdil, Júlio Pomar ou Resende, bebe neles a influência que tem em mira o extravasar de uma pintura de emoções contidas num expressionismo lírico de uma sensualidade quase “aquática” ou meramente fluida» (in, Movimento Arte Contemporânea). Entre outros galardões, Maria João Franco recebeu a Medalha de Mérito Cultural do Ministério da Cultura português, a Comenda da Associação dos Artistas Plásticos Brasileiros, o Prémio de Edição na IV Exposição Nacional de Gravura da Fundação Calouste Gulbenkian ou o 1.º Prémio do Concurso de Gravura integrado no Ano Europeu do Ambiente Setúbal-Beauvais.

Outras obras deste artista