Promoção!

Eduardo Nery

Sem título
Serigrafia sobre papel nº 177/200
Dimensão da mancha: 45 x 32 cm
Dimensão da moldura: 73 x 57 cm
1974/1989

200,00

Em stock

Qualquer interessado pode adquirir de imediato esta obra; basta clicar em Adicionar e seguir os passos indicados para que esta obra passe a pertencer à sua coleção.

A obra será entregue em sua casa de forma inteiramente grátis, com o seguro do transporte das obras a ser oferecido pelo Clube Rastro. Todas as obras de arte disponíveis no site do Clube Rastro têm cotação e estão devidamente certificadas.

Pode optar por subscrever o Clube Rastro, um clube de colecionismo de arte onde se acede à obra dos melhores artistas nacionais através de um pequeno investimento mensal de verba para o clube. Veja em Subscrição como aderir ao Clube Rastro.

Os subscritores do Clube Rastro não pagam qualquer joia de inscrição e terão direito a diversos prémios. Para qualquer outra informação sobre esta obra, por favor contate-nos através do info@clube.galeriaorastro.com

REF: CR#0390 Categorias: , , Etiqueta:

Descrição

EDUARDO José NERY de Oliveira, Pintor, nasceu na Figueira da Foz, a 02-09-1938. Era filho de Maria Elisa Nery de Oliveira, Escritora, e de Sebastião José de Oliveira, Engenheiro. Em 1939, a família muda-se para Lisboa, onde frequentou os Liceus Camões e D. João de Castro.

Nesse ínterim, em 1955/57 foi Premiado no Concurso do Almanaque Português de Fotografia e participação em diversos Salões de Fotografia, em Lisboa, Barreiro, Cartaxo e Estremoz.

Logo depois, em 1956, inscreve-se no Curso de Pintura da Escola Superior de Belas Artes de Lisboa (ESBAL) com o objectivo de transitar para o Curso de Arquitectura da mesma Escola, sendo seus colegas, entre outros, Rafael Calado, Manuel Costa Cabral, Tomaz Vieira, Jorge Martins, Fernando Conduto, Luís Pinto Coelho e Ana Vieira.

Imediatamente, em 1957, participa na Exposição colectiva “4ª Exposição de trabalhos extra-escolares dos alunos da ESBAL”, Sociedade Nacional de Belas Artes (SNBA), Lisboa.

Em 1958, participa na Exposição colectiva “5ª Exposição de trabalhos extra-escolares dos alunos da ESBAL”, SNBA, Lisboa.

Assim, em 1959, foi distinguido com o 1º Prémio de Pintura no “4º Salão da Primavera”, Estoril. Exposição colectiva internacional, “First International Student Salon of Photography”, Universidade de Hong Kong. Viagem e estadia em Paris com Rafael Calado.

Em 1966 faz a criação de vários cartões “Op-Art” para tapeçarias destinadas à Galeria Interior (não concretizados) e, ainda, para a tapeçaria “Harmonias de Quadrados I”, aceite pelo júri da “III Bienal Interna-cional de Tapeçaria”, em Lausana, Suiça.

Por fim, Eduardo Nery está representado no Museu Nacional de Soares dos Reis, no Porto, e no Museu da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Foi condecorado em 2012, pelo Presidente da República, como Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

Faleceu em Lisboa, a 02-03-2013