Promoção!

José Pádua

Sem título
Aguarela sobre papel
Dimensão: 46 x 29 cm
Dimensão com moldura: 62 x 45 cm
1991

100,00

Esgotado

Qualquer interessado pode adquirir de imediato esta obra; basta clicar em Adicionar e seguir os passos indicados para que esta obra passe a pertencer à sua coleção.

A obra será entregue em sua casa de forma inteiramente grátis, com o seguro do transporte das obras a ser oferecido pelo Clube Rastro. Todas as obras de arte disponíveis no site do Clube Rastro têm cotação e estão devidamente certificadas.

Pode optar por subscrever o Clube Rastro, um clube de colecionismo de arte onde se acede à obra dos melhores artistas nacionais através de um pequeno investimento mensal de verba para o clube. Veja em Subscrição como aderir ao Clube Rastro.

Os subscritores do Clube Rastro não pagam qualquer joia de inscrição e terão direito a diversos prémios. Para qualquer outra informação sobre esta obra, por favor contate-nos através do info@clube.galeriaorastro.com

REF: CR#0303 Categorias: , , Etiqueta:

Descrição

José Pádua nasceu em 1934 na cidade da Beira, Moçambique, e residiu em Lisboa desde 1977. Foi eleito Artista Plástico de 1966 pelo jornal A Tribuna de Moçambique, pelo trabalho que desenvolvia enquanto pintor, decorador, ilustrador e gravador.

Trabalhou exclusivamente para a Galeria de Arte R. Rennie, em Harare, Zimbabwe, entre 1974 e 1978.

Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, entre 1979 e 1981, frequentando cursos de gravura em metal e de litografia. Em 1980 e 1981 foi distinguido com os 2º e 1º Prémios, respetivamente, em exposições sobre temas de Lisboa.

Desenvolveu trabalhos na área da escultura e azulejaria, bem como murais em cimento em Joanesburgo no Bank of Lisbon & South Africa e em Moçambique nos aeroportos de Mavalane e Beira, Banco Pinto & Sotto Mayor, Montepio de Moçambique, Banco de Crédito Comercial e Industrial, piscinas do Complexo Desportivo dos Caminhos de Ferro da Beira, Banco de Moçambique e Cinema Novocine.

Está representado em inúmeras coleções particulares em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente na África do Sul, Zimbabwe, Malawi, Moçambique, Angola, Espanha, Suécia, Áustria, Brasil, Venezuela, E.U.A., Canadá, Israel, Japão e Austrália. Além de ter participado em várias exposições coletivas, fez parte do grupo A Tertúlia de Artistas de Moçambique que expõe todos os anos, desde 1984, em vários países do mundo.

José Pádua faleceu aos 81 anos, na Amadora, em 2016.